Cruzeiro para Nansha Guangzhou

Arte e natureza nos Jardins Baomo e Qinghui

As 19 construções do Chen Clan Ancestral Hall
Tocando o céu na do alto da Torre de Cantão

Encontre sua MSC Grand Voyages

Nansha/Guangzhou

Entre a modernidade e a antiguidade

Um cruzeiro MSC levará você para descobrir os tesouros escondidos da China. Guangzhou está localizada no sul do país. Também conhecida como Cantão, esta cidade está localizada no delta do Rio das Pérolas e embora remonte a mais de 2.000 mil anos, hoje é considerada uma das mais modernas cidades grandes da China.

Dê um passeio ao longo da caótica rua de pedestres Beijing Lu, onde, você poderá ver os remanescentes da antiga dinastia Song (960-1279 dC) através de uma proteção de vidro.
 
Excursões levam você para conhecer os Jardins Baomo e Qinghui. Baomo está localizado na aldeia de Zini: construído durante a dinastia Qing (1644-1911 dC), o complexo ocupa cerca de 100.000 metros quadrados com uma rica vegetação, riachos e dezenas de pontes de pedra e esculturas em cerâmica, pedra e madeira.
 
O Jardim Qinghui, por outro lado, está localizado no distrito de Shunde, em Foshan. É um dos quatro jardins mais importantes da dinastia Qing. Foi construído no estilo típico de Lingnan para servir de residência de Huang Jun durante a dinastia Ming. No início, cobria uma área de 7.000 metros quadrados, porém, a partir de 1966, a sua extensão foi aumentada para 22.000 metros quadrados para acomodar a enorme quantidade de turistas. Esse jardim é rico em bosques e riachos, atravessados por pequenas pontes.
 
O Chen Clan Ancestral Hall, ou Museu de Arte Popular de Guangdong, está localizado na parte mais antiga da cidade de Guangzhou e você poderá conhecê-lo participando de uma de nossas excursões. Encomendado pelos 72 clãs da família Chen, a sua construção demorou vinte anos. Inaugurado em 1895, é um templo acadêmico composto por 19 edifícios com telhados decorados com muita maestria.
 
A altura da Torre de Cantão, ou a TV Guangzhou e Torre do Turismo é de pouco menos de 600 metros. Visite o segundo edifício mais alto da China, depois da Torre de Xangai, através de uma de nossas excursões. Construído para ser uma torre de observação, foi utilizado durante os Jogos Asiáticos de 2010.

Descubra excursões em Nansha/Guangzhou

    China

    Uma nação em marcha
    Uma nação em marcha

    Um cruzeiro para a China oferece uma incrível oportunidade para descobrir a China, um esplêndido país diversificado em sua composição geográfica, étnica, culinária e social.


    Desenvolvendo-se a uma taxa sem precedentes, suas já enormes cidades estão ganhando amplos subúrbios e arquitetura moderna diariamente, além de uma rede cada vez maior de ferrovias de alta velocidade que une o país. Mesmo assim, esta modernidade é baseada em uma civilização que permaneceu intacta, reciclando-se de forma contínua, por mais de quatro milênios. 


    Na verdade, é a tensão que contrasta entre a mudança e a continuidade que fazem da China moderna um lugar tão fascinante. Dominando o litoral leste da China próximo à boca do Yangzi, Xangai é a cidade mais ocidentalizada, um porto onde os monumentos de Art Deco da antiga bacia de retenção construída pelos europeis – o centro comercial às margens do rio – fica junto a uma metrópole hiper moderna, coroada com dois dos maiores arranha-céus do mundo


    É interessante contrastar a arquitetura da cidade de Xangai com aquela de seu centro comercial adversário, o litoral sul de Hong Kong. Com sua herança colonial e sua refrescante visão cosmopolita, não há quase nada que Hong Kong não possa oferecer a um cruzeiro MSC Grand Voyages em forma de facilidades aos turistas, desde belas praias até ótimos alimentos e bebidas.