Nápoles

Um porto amplo do Mediterrâneo
O centro da cidade lembra um mercado ao ar livre
Dedicado aos seus rituais e santos

Procurar cruzeiros no Mediterrâneo

Nápoles

O deslumbrante Maschio Angioino, símbolo da cidade

Nápoles é um porto amplo do Mediterrâneo, cujo centro tem muito a ser descoberto em uma excursão nas viagens da MSC pelo Mediterrâneo.

Nenhuma viagem a Nápoles é completa sem visitar a região entre Piazza Garibaldi e Via Toledo, que corresponde aproximadamente à antiga Neápolis romana, grande parte da qual ainda não foi escavada, a exemplo de muitas outras cidades italianas.


A parte antiga de Nápoles – o centro histórico – é formado pelas ruas Via dei Tribunali e Via San Biagio dei Librai (também conhecida como “Spaccanapoli” porque, literalmente, divide Nápoles em duas) que ainda seguem a trilha das antigas cidades romanas. Essa é a parte mais vibrante e movimentada de Nápoles, pessoas, ao ar livre, vendendo e gritando, que compensa a ausência de elegância com energia de sobra. Mas é a área mais curiosa da cidade, imperdível em qualquer viagem a Nápoles. O Duomo é uma construção gótica do início do século XIII, embora com fachada neogótica do final do século XIX, dedicada ao santo padroeiro da cidade, São Genaro


As viagens da MSC pelo Mediterrâneo também oferecem excursões a Pompeia. Um dos centros comerciais romanos mais importantes da Campânia, um local sofisticado para os patrícios abastados e uma cidade de comércio que exportava vinho e peixes, a erupção do Monte Vesúvio no ano 79 d.C., na verdade, "congelou" o modo de vida da cidade como era na época.


As viagens também levam à ilha de Capri, lugar de lendas, terra das míticas sereias e um playground muito elogiado dos poderosos há anos, embora agora tenha se tornado alvo lucrativo de viagens de um dia para os turistas que visitam o continente.

 

Não há dúvida de que a visita vale a pena!

Lugares imperdíveis em Nápoles

Conheça nossas excursões

    CHEGAR AO PORTO

    Porto de Nápoles

    Esta seção contém informações sobre como chegar até o porto

    Terminal de Cuzeiros

    Stazione Maritima - Doca Beverello

    Chegar ao porto de

    • Carro

      Vindo pela rodovia A1 (Milan-Nápoles), acessar a rodovia A3 no sentido para Nápoles e seguir as placas indicando Porto e Centro da Cidade de Nápoles. Sair da rodovia onde há a placa indicando Centro da Cidade de Nápoles Chegando em Nápoles, acessar a Via Marina. O porto fica do lado oposto ao Maschio Angioino e à Piazza Municipio.
      Na rodovia A3 (Salerno para Reggio Calabria), indo em direção a Nápoles, seguir as placas indicando Porto e Centro da Cidade de Nápoles. Saia da rodovia pela Saída indicando Centro da Cidade de Nápoles. Chegando em Nápoles, acesse a Via Marina. O porto fica do lado oposto ao Maschio Angioino e à Piazza Municipio
      Carro

      Informações úteis

      TERMINAL NAPOLI
       
      Molo Angioino Stazione Maritima - 80133 Nápoles
       
      Telefone: +39 081 5514448 
       
       
      • Estacionamento descoberto self-service 
      • Dirija-se até a área de entrega de bagagem no Terminal de Cruzdeiros onde você encontrará a equipe do estacionamento. 
      Reserve agora


      VEÍCULO dias TARIFAS
      Carro 8 € 90
      SUV 8 € 90
      Mini van 8 € 90
    • Trem

      A Estação Ferroviária de Nápoles fica a 3 km de distância do porto, o equivalente a uma caminhada d 20 minutos ou 7 minutos de taxi.  Há também linhas de ônibus até o porto.
      A Estação Ferroviária de Mergellina fica a 9 km de distância do porto, o equivalente a um trajeto de taxi de aproximadamente 25 minutos dependendo do trânsito. 
      A Estação Ferroviária de Campi Flegrei fica a 6,5 km de distância do porto e há serviço de taxi disponível.
      Trem
    • Avião

      O Aeroporto de Capodichino fica a cerca de 7 km de distância do porto principal e oferece serviço de taxi e de ônibus. Os serviços oferecidos pela empresa Alibus faz somente duas paradas (na Piazza Garibaldi e na Piazza Municipio) mediante pagamento de uma tarifa. Os ônibus partem do lado externo do setor de chegadas.
      Avião

    Itália

    História, gastronomia e moda
    História, gastronomia e moda

    Um cruzeiro para a Itália é uma montanha russa cheia de emoções. Roma é uma cidade imensa diferente de todas as outras, em termos de locais históricos, supera de alguma outra forma qualquer outro lugar do país.
     
    A Ligúria, pequena região costeira ao longo do litoral nordeste, é conhecida há muito tempo como “A Riviera Italiana ” e, consequentemente, fica cheia de banhistas na maior parte do verão.
    No Veneto, o principal foco de interesse é, claro, Veneza: uma cidade única e cada pedacinho desta cidade é tão lindo quanto sua reputação possa sugerir. A Toscana, na região central da Itália, representa talvez a imagem mais observada do país, com sua área clássica de montanhas e as cidades de Florença e Pisa, repletas de arte.

    O sul, por sua vez, começa com a região de Campania. Sua capital, Nápoles, é uma cidade única e inesquecível, o coração espiritual do sul da Itália. A Puglia, o “calcanhar” da Itália, também apresenta belíssimos atrativos, principalmente a paisagem da península de Gargano e as qualidades comerciais, com grandes mercados, de sua capital, Bari.

    No que diz respeito à Sicília, a ilha é realmente um lugar afastado, com uma grande variedade de atrações que vão desde alguns dos mais preservados tesouros helenísticos da Europa, até alguns dos mais atraentes resorts do Mediterrâneo em Taormina e Cefalù, sem contar alguns lindos cenários de planalto.