Valletta

Um porto do Mediterrâneo protegido pela UNESCO
A capital da ilha de Malta
Co-Catedral de São João

Procurar cruzeiros no Mediterrâneo

Valletta

Uma cidade do século XVI

O porto de Valletta, protegido pela UNESCO e capital da ilha de Malta, é uma das paradas obrigatória para os cruzeiros pelo Mediterrâneo.

Você pode admirar este porto, construído na segunda metade do século XVI pelo francês Jean de la Valette e moldado pelo Ordem religiosa e militar de São João de Jerusalém, de seu navio MSC ainda antes de desembarcar. Os mais de 300 monumentos que se ascendem em pouco mais de meio quilômetro quadrado fazem dele um dos lugares com a maior densidade de atrações históricas para visitar durante um cruzeiro, sem mencionar outras atrações como suas praias, os locais a beira-mar e os restaurantes.

Uma excursão pela ilha pode começar direto pela sua capital, Valletta, que encanta os frequentadores dos cruzeiros com suas famosas Varandas Maltesas, as quais decoram as fachadas das casas deste antigo bairro. Cercada por diversas igrejas, as quais os habitantes da ilha garantem ser tantas quanto os dias do ano, a Co-Catedral de São João é uma das principais atrações turísticas de Malta.

O Museu Nacional de Arqueologia, por sua vez, hospeda artefatos pré-históricos encontrados na ilha. A partir do Grande Porto você pode visitar as passagens subterrâneas de Auberge de Castille e os lindos Jardins Baracca, que têm vista para o porto; à noite, quando os portões da cidade se fecham, seus pórticos servem como abrigos para os viajantes. Para provar um pouco da antiga nobreza de Malta, visite a Casa Rocca Piccola.

Um Palazzo do século XVI, que hoje é a residência do 9º Marquis De Piro, ele possui mobiliário de época e um abrigo antibombas construído para proteger contra os bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial. O set do filme "Popeye" ainda pode ser visto, a partir da maior praia de Malta, assim como o Santuário de Nossa Senhora de Mellieha com um afresco da Abençoada Virgem Maria com Cristo; de acordo com a tradição, São Lucas, que naufragou na ilha com São Paulo, é o autor do afresco no estilo Bizantino.

Lugares imperdíveis em Valletta

Conheça nossas excursões

    Malta

    Milhares de anos de história
    Milhares de anos de história

    Malta é uma terra que está em paz há mais de 10.000 anos e fica localizada no meio do Mediterrâneo, onde o passado e o presente coexistem em harmonia.

    Este estado arquipélago é formado por três principais ilhas: Malta, Gozo e Comino. As mais antigas aglomerações humanas, que datam da era Neolítica, ficavam localizados no norte da Birzebbugia, em Ghar Dalam, onde foi encontrada a Caverna Escura. Um local que, por sua vez, combina a tradição, a arquitetura e as curiosidades Cristãs é Mosta, onde as pessoas podem visitar a igreja de Santa Maria Assunta, a qual possui uma das maiores cúpulas do mundo.

    Uma viagem à Malta também deve incluir uma excursão ao centro da ilha, à cidade de Mdina, a cidade “silenciosa” ou “notável”, protegida por altas muralhas, com suas estreitas ruelas alinhadas com lojas de artesanato, pequenos restaurantes e lojas. Daqui você tem a melhor vista de toda a ilha.

    Para saber mais sobre a pré-história de Malta você deve ir para o sul, em direção ao hipogeu deHal Saflieni, em Paola: esta é uma construção subterrânea feita em três níveis cavada em uma pedra entre o 4º e o 3º milênio A.C., e foi usada como um santuário e uma terra de sepultamento ou você pode optar por visitar um dos sete templos megalíticos erguidos entre Malta e Gozo. Na principal cidade de Gozo, Rabat, é possível visitar a fortemente fortificada cidadela que se eleva a 150m acima da cidade.