Ilha de Moçambique

A Cidade de Pedra
A Cidade de Makuti
Praias de areia branca  

Procurar cruzeiros no Sul da África

Ilha de Moçambique

Uma joia no meio do mar

Uma viagem para Moçambique com um cruzeiro MSC pelo sul da África significa desembarcar na Ilha de Moçambique, um pequeno pedaço de terra rodeado por águas cristalinas ligado ao país de mesmo nome por uma estreita ponte com pouco mais de 3 quilômetros de extensão. Foi desta cidade, a primeira capital do país africano, que Moçambique herdou seu nome.


É impensável perder a oportunidade de visitar esta antiquíssima colônia europeia: um cruzeiro para a Ilha de Moçambique com a MSC Cruzeiros dará a você a oportunidade de conhecer uma pérola no meio do mar, declarada em 1991 pela UNESCO como um patrimônio da humanidade. A ilha é uma mistura de culturas e tradições suspensa entre a África, o Oeste e o Leste. Ela foi colonizada pelos portugueses que vieram aqui com o explorador Vasco da Gama. Em uma excursão de cruzeiro pelo sul da África, sua passagem ainda pode ser claramente sentida: a Cidade de Pedra com suas coloridas construções históricas; o palácio construído pelos Jesuítas e a Capela de São Paulo, hoje um museu; as igrejas de Misericórdia e Santo Antônio; e a Capela de Nossa Senhora de Baluarte.

Estes locais, assim como os locais de adoração islâmicos e hindus representados pelas sete mesquitas e um templo hindu, contrastam muito com a Cidade de Makuti, onde pode-se inspirar na África em seus mercados a céu-aberto e cabanas com telhado de palha. Devido ao seu pequeno tamanho – cerca de 3 quilômetros de extensão e 500 metros de comprimento – não demorará muito para explorar todos os cantos desta ilha. Será um prazer investigar o labirinto de pequenas ruas e becos do centro da cidade; aproveitar o panorama de tirar o fôlego, céu e mar fundindo-se num só; estender-se pelas praias de areia branca, os destinos de férias na praia e se intoxicar com os aromas da cozinha local.

Uma cozinha onde peixes e frutas tropicais servem de base para as receitas locais com tradições e sabores remanescentes da cozinha portuguesa.

Lugares imperdíveis na Ilha de Moçambique

Conheça nossas excursões

Nenhum resultado encontrado

    Nenhum resultado encontrado para esse porto. Por favor, altere os padrões de busca para encontrar a melhor maneira de descobrir um destino!

Moçambique

Entregando-se à sombra de um baobá
Entregando-se à sombra de um baobá

Uma viagem a Moçambique significa conhecer uma parte significante da África que também apresenta uma grande influência Portuguesa.

Esta é uma terra que pode sofrer mutações em apenas alguns quilômetros, saindo de suas areias brancas e o recife de corais do Oceano Índico, até seus planaltos e montanhas que chegam a quase 3.000 metros, ou até o lendário vale do Rift, o berço da raça humana, que se encontra no centro do país.

Aqui a população é alegre e hospitaleira. O território é compartilhado por cidades e vilas coloniais, compostas por cabanas, baobás, florestas de mangue, arquipélagos inexplorados e ótimas reservas naturais. Historicamente pertencente aos portugueses, em um cruzeiro para Moçambique você será atingido pelo charme de suas cidades coloniais habitadas com palácios, fortalezas e igrejas que são uma mistura de influências Africanas, Árabes e Indianas.

O que surpreende aqueles que chegam pelo mar, no entanto, são seus 3.000km de litoral, que incluem algumas das praias mais belas da África. Uma imagem de uma viagem tropical típica: areias brancas, águas cristalinas e palmeiras que balançam suavemente na brisa. Também há algumas ilhas para explorar, verdadeiras joias como Bazaruto, Benguerra, Magaruque, Santa Carolina ou Inhaca. Lugares em que mergulhadores e praticantes de snorkel encontrarão muito o que fazer e ver. A vida marinha da ilha permitirá fazer também algumas excursões interessantes com golfinhos, baleias jubarte, dugongs (vacas do mar) e tartarugas marinhas verdes e cabeçudas.