Sydney

Sydney Cruise

O centro de uma cultura vibrante

Após desembarcar de sua MSC Grand Voyage em Sydney, você perceberá que o porto de Jackson divide Sydney em duas metades, conectadas pela ponte e pelo túnel.

O litoral sul é o centro das atividades e aqui você vai encontrar o centro da cidade e a maior parte das coisas para ver e fazer. Muitas das imagens clássicas de Sydney ficam perto do Circular Quay, transformando essa área de frente para o mar em Sydney Cove um ponto lógico e agradável para começar a descobrir a cidade, com a Sydney Opera House, o Royal Botanic Gardens ao leste de Sydney Cove e a histórica área de The Rocks ao oeste.

Em contraste, o reluzente e levemente amarronzado porto Darling, no centro do lado oeste é uma repensada área de turismo e entretenimento. Em uma excursão na sua MSC Grand Voyage você pode descobrir a íconica Sydney Opera House, a uma pequena caminhada da Circular Quay, perto da água no Bennelong Point. É melhor vista de perfil, quando seus telhados brancos e altos, que evocam a imagem de velas cheias e conchas brancas e dão ao prédio uma qualidade etéra. 


“Opera House” na verdade é um nome impróprio: na verdade é um centro de artes e performances, um dos mais movimentados do mundo, com 5 áreas para performances, além de restaurantes, cafés, bares e diversas lojas de souvenirs na parte baixa. Outra excursão impredível da MSC é a caristmática ponte do porto de Sydney. Localizada a nordeste da  Circular Quay, ela cruza o canal que divide o norte e sul de Sydney desde 1932; atualmente, ela completa a paisagem de Circular Quay. Era a maior ponte em arco quando foi construída e seus custos de construção não foram pagos até 1988.

Cruzeiros de/para Sydney em 2020

Excursões e atividades

Chegar ao porto