MSC Cruzeiros atualiza protocolo de saúde e segurança para hóspedes de cruzeiros que partem de portos nos Estados Unidos

MSC Seashore | MSC Cruises

A partir do dia 8 de agosto, a MSC Cruzeiros implementará um novo protocolo de saúde e segurança para seus hóspedes que embarcarão em portos nos Estados Unidos, após uma mudança nos requisitos de saúde e segurança estabelecidos pelo CDC - Centers for Disease Control and Prevention dos Estados Unidos.

 

A Companhia tem atualmente dois navios baseados no estado da Flórida: o MSC Seashore em Miami e o MSC Divina em Port Canaveral. 

 

São duas mudanças: crianças não vacinadas contra a COVID-19, com idade igual ou superior a dois anos, precisarão apresentar teste negativo para a COVID-19 realizado dentro de três dias antes ao embarque, e hóspedes com o ciclo de vacinação completo que navegarão em cruzeiros de seis noites ou mais, partindo de portos nos Estados Unidos, também terão que apresentar teste negativo de COVID-19, realizado até três dias antes do embarque. 

 

Já para os hóspedes com o ciclo de vacinação completo que navegarão em cruzeiros de cinco ou menos noites, partindo de portos nos Estados Unidos, é recomendado realizar teste para a COVID-19 dentro de três dias antes da viagem, mas isso não é uma obrigatoriedade para o embarque.

 

Os atuais requisitos de vacinação da MSC Cruzeiros permanecerão em vigor para cruzeiros com embarques em Miami e Port Canaveral até 8 de agosto. As regras atuais são que todos os hóspedes de 12 anos ou mais devem estar com o ciclo de vacinação completo contra a COVID-19.

 

O protocolo de saúde e segurança, líder do setor, da MSC Cruzeiros, que foi introduzido há dois anos, em agosto de 2020, está sujeito aos requisitos de qualquer destino que pertença aos itinerários de seus dois navios que partem dos portos nos Estados Unidos.