MSC Cruzeiros e Fincantieri revelam mais detalhes do MSC Seashore durante a sua cerimônia da moeda

Uma tradicional cerimônia marítima da moeda ocorreu no estaleiro Fincantieri em Monfalcone, na Itália, quando a quilha foi colocada na MSC Seashore.

O navio contará com a mais recente e avançada tecnologia ambiental, incluindo um sistema de Redução Catalítica Seletiva (SCR) de ponta e um Sistema Avançado de Tratamento de Águas Residuais (AWT) de última geração

 

O design ainda mais aprimorado do navio e os espaços nos decks distribuídos de forma inteligente, adicionam novas dimensões à experiência do hóspede no mar, desde acomodações a opções gastronômicas e entretenimento, incluindo a maior proporção de espaço ao ar livre por hóspede de qualquer navio da frota da companhia

 

A tradicional cerimônia da moeda foi realizada hoje, dia 19 de setembro, no estaleiro Fincantieri em Monfalcone, na Itália, quando a quilha foi colocada para o MSC Seashore. Neste marcante evento, a MSC Cruzeiros revelou detalhes do significativamente transformado design geral e dos novos recursos do navio.

 

O MSC Seashore será o navio mais longo da companhia – com 339 metros - quando entrar em operação em junho de 2021, o primeiro dos dois navios aprimorados da classe "Seaside Evo", com a mais recente tecnologia ambiental disponível, espaços públicos ampliados, mais cabines e a maior proporção de espaço de áreas externas por hóspede de qualquer navio da frota da companhia.

 

A funcionária de longa data, Marianna Cicala, Ground Services Planning Manager, da MSC Cruzeiros, e Silvia Bozzetto, responsável pelo Planejamento de Produção e Controle de Comissionamento, do estaleiro em Monfalcone, realizaram hoje o ritual como madrinhas quando colocaram duas moedas no bloco de quilha do novo navio – que tem o significado de bênção e boa sorte na tradição marítima.

 

Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da MSC Cruzeiros, disse: “A cerimônia de hoje marca outro marco importante na construção de um dos nossos navios mais inovadores até o momento. Mais importante, o MSC Seashore - que contará com a mais recente e avançada tecnologia ambiental disponível atualmente - representa mais uma prova do nosso compromisso de longo prazo em preservar o meio ambiente em nossa jornada contínua para minimizar e reduzir o impacto de nossas operações”.

 

O MSC Seashore será equipado com, entre outros, um sistema de Redução Catalítica Seletiva (SCR) de ponta e um Sistema Avançado de Tratamento de Águas Residuais (AWT) de última geração. Os SCRs ajudam a reduzir o óxido de nitrogênio em 90% por meio da avançada tecnologia de controle de emissões ativas. O óxido de nitrogênio das operações é conduzido através de um catalisador que o converte em nitrogênio e água, ambos compostos inofensivos. Com os AWTs, as águas residuais passam por um processo abrangente de purificação por meio de um processo de filtragem muito fino que as transforma em água com qualidade próxima a de torneira. O sistema atende ao chamado Baltic Standard e trata as águas residuais com um padrão mais alto do que a maioria dos padrões disponíveis nas cidades ao redor do mundo. O novo navio também será equipado com energia da terra para o navio (shore-to-ship), que conecta navios de cruzeiro, enquanto estão atracados, à rede elétrica local de um porto para reduzir ainda mais as emissões do navio.


Esses novos recursos se somam a outras tecnologias ambientais efetivas implementadas no MSC Seashore e em toda a frota da companhia, para minimizar e reduzir continuamente o impacto ambiental, incluindo: Sistemas Híbridos de Limpeza de Gases de Escape (EGCS) de ponta, que removem 98% do óxido de enxofre das emissões dos navios; sistemas avançados de gerenciamento de resíduos; sistemas de tratamento de água de lastro aprovados pela Guarda Costeira dos Estados Unidos; sistemas de última geração para prevenção de descarte de óleo nos espaços de máquinas e diversas melhorias efetivas na eficiência energética, de sistemas de recuperação de calor a iluminação de LED.

 

Giuseppe Bono, CEO do Fincantieri, comentou: “O início das obras em docas secas do MSC Seashore, o maior navio construído até o momento na Itália, é para nós uma fonte de grande satisfação: ele é o símbolo do “Evo”, um projeto de sucesso para o nosso Grupo, inovando o já futurista conceito “Seaside”, que criou duas unidades muito bem recebidas pelo mercado. É um verdadeiro desafio em termos de aspectos estruturais e gerenciais, que alimentam o impressionante volume de trabalho para o estaleiro e para a área local. Estamos, portanto, muito satisfeitos com essa celebração, que sela a frutífera parceria com a MSC Cruzeiros e estamos confiantes de que haverá outros momentos semelhantes no futuro”.



O MSC Seashore é baseado no inovador protótipo da "Classe Seaside" com uma variedade de recursos de design de tirar o fôlego, permitindo que os hóspedes se conectem com o oceano, como a impressionante Ponte dos Suspiros, elevadores panorâmicos deslumbrantes e elegantes passarelas de vidro. Mais de 40% do navio foi reprojetado e aprimorado, tornando o MSC Seashore uma evolução e um significativo aprimoramento dos navios irmãos MSC Seaside e MSC Seaview.



Algumas das novas melhorias são visíveis a olho nu e incluem o comprimento estendido de 16 metros do navio, 200 cabines adicionais, um MSC Yacht Club maior e um lounge de dois andares adicional na popa do navio. A arquitetura interna foi completamente redesenhada com dois pontos de encontro centrais localizados na parte central e dianteira do navio, além de medidas específicas para aprimorar ainda mais o fluxo de passageiros. No geral, o navio possui 10.000 metros quadrados de espaço adicional nos decks para uma experiência a bordo ainda melhor e mais espaçosa.

 

O MSC Seashore oferecerá mais suítes, graças à adição de mais 28 suítes com terraço, duas suítes com banheiras de hidromassagem privativas e o MSC Yacht Club - o produto premium all inclusive que tem o conceito de “um iate dentro de um navio”, disponível nos navios da MSC Cruzeiros – que terá duas novas categorias de cabine: 41 Grand Suites Deluxe e duas Owner’s Suites com banheiras de hidromassagem.

 

O navio apresentará novos designs de cabine, como cabines conjugadas para famílias, que conectam duas ou três cabines adjacentes e podem acomodar entre seis e 10 pessoas, mais cabines maiores e mais espaçosas para hóspedes com necessidades especiais - 75 no total.

 

Dois novíssimos restaurantes serão apresentados, incluindo um exclusivo para os hóspedes da experiência Aurea. Haverá um novo local para os cinco restaurantes de especialidades, que permitirão mesas à beira-mar no calçadão de tirar o fôlego do navio, para oferecer aos hóspedes a melhor vista do mar enquanto jantam ao ar livre.



O MSC Seashore terá um novo lounge de dois andares na popa do navio, um cassino maior e 20 diferentes bares especializados. O navio apresentará um novo design na piscina de popa, uma piscina coberta ampliada e um novo parque aquático interativo que proporcionará emoções e diversão para hóspedes de todas as idades. Os clubs para adolescentes foram separados da área infantil, que será ainda maior.

 

O navio também fornecerá a todos os seus hóspedes a mais recente tecnologia centrada no cliente, incluindo a ZOE - a primeira assistente virtual pessoal de cruzeiros do mundo – uma exclusividade da MSC Cruzeiros instalada em todas as cabines, e o MSC for Me.