MSC e Chantiers de l’Atlantique celebram marco duplo na construção de novos navios movidos a GNL

O MSC World Europa, primeiro navio movido a gás natural liquefeito da MSC Cruzeiros, completa o primeiro conjunto de testes de navegação

O MSC Euribia, segundo navio movido a GNL da Companhia, realizou teste de flutuação

 

 


MSC World Europa sea trials | MSC Cruises

A Divisão de Cruzeiros do Grupo MSC e o Chantiers de l'Atlantique celebraram, no final de semana, dois importantes marcos dos dois navios movidos a gás natural liquefeito (GNL) da MSC Cruzeiros, que estão em construção em Saint-Nazaire, França.

 

O MSC World Europa, primeiro navio movido a GNL a se juntar à frota da Companhia e maior navio de cruzeiro movido a GNL do mundo, completou seu primeiro conjunto de testes de navegação no Oceano Atlântico, que incluíram testes de desempenho dos motores do navio, manobrabilidade, consumo de combustível, sistemas de segurança, velocidade e distâncias de parada. 

 

 

Enquanto isso, o MSC Euribia realizou seu teste de flutuação e foi transferido para uma doca molhada onde será finalizado para, então, se juntar à frota da MSC Cruzeiros em junho de 2023.

 

 

A MSC investiu 3 bilhões de euros em três navios de cruzeiros movidos a GNL. A construção do terceiro navio – 'World Class II' – no estaleiro Chantiers de l'Atlantique, em Saint-Nazaire, está previsto para começar no início do próximo ano. 

 

Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da Divisão de Cruzeiros do Grupo MSC, disse: "Assumimos um compromisso importante no ano passado de alcançar zero emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050, liderando a indústria de cruzeiros no caminho da descarbonização. O MSC World Europa e o MSC Euribia desempenharão um papel fundamental nesta jornada.”

 

 

"O GNL é o combustível marítimo mais limpo disponível em escala atualmente. Além de reduzir significativamente as emissões, ele também oferece compatibilidade com futuras soluções alternativas de combustível, para as quais estamos investindo ativamente em pesquisa e desenvolvimento, incluindo uma célula piloto de combustível de óxido sólido alimentada por GNL a bordo do MSC World Europa. Se o GNL bio ou sintético estivessem disponíveis em escala hoje, ambos os navios poderiam operar com zero emissões líquidas."

 

 

MSC World Europa – experiência de cruzeiro de última geração

 

 

O MSC World Europa é o primeiro navio da pioneira classe MSC World - uma nova classe de navios que apresenta uma plataforma de cruzeiro completamente nova - e poderá acomodar até 6.762 hóspedes.

 

Com tecnologias marítimas e de hospitalidade a bordo preparadas para o futuro, o MSC World Europa redefinirá a experiência de cruzeiro com uma variedade de conceitos e áreas criativas, diferentes de tudo que há no mar hoje. O seu design inovador apresenta uma popa em forma de Y que leva à impressionante Promenade Europa, com seus 104 metros de comprimento e com espaços parte abertos, parte cobertos, com vistas deslumbrantes do oceano. As novas cabines com varanda têm vistas de tirar o fôlego para a promenade, que apresenta uma impressionante obra-prima arquitetônica: The Venom Drop @ The Spiral, um tobogã que abrange 11 andares de altura, o mais longo dos mares.

 

 

O MSC World Europa fará sua temporada inaugural no Mar Arábico no final do ano de 2022, com a MSC Cruzeiros implementando a sua maior capacidade de todos os tempos no Oriente Médio, fortalecendo a sua posição como líder de mercado na região para férias em alto-mar. O navio oferecerá roteiros de sete noites, entre dezembro de 2022 e março de 2023, partindo de Dubai rumo a Abu Dhabi e Ilha Sir Bani Yas, nos Emirados Árabes Unidos, Dammam, na Arábia Saudita e Doha, no Qatar, antes de retornar a Dubai.

 

 

Em março de 2023, o MSC World Europa irá para o Mar Mediterrâneo e fará cruzeiros de sete noites com escalas nos portos italianos de Gênova, Nápoles e Messina, além de Valeta, em Malta, Barcelona, na Espanha, e Marselha, na França.

  

 

Veja os itinerários do MSC World Europa aqui.

 

 

MSC Euribia – símbolo do respeito pelos oceanos

 

 

O MSC Euribia se tornará um dos navios mais avançados em termos ambientais da frota da MSC Cruzeiros. Seu nome é uma homenagem à antiga deusa Euríbia, que utilizou dos ventos, do clima e das constelações para dominar os mares. O MSC Euribia terá um visual notavelmente diferente dos outros navios da Companhia, graças a obra de arte exclusiva que transforma o seu casco em uma tela flutuante gigante para comunicar a importância da sustentabilidade e o compromisso da MSC Cruzeiros com o mar.

 

 

A partir de junho de 2023, o MSC Euribia fará a sua temporada inaugural no Norte da Europa, partindo do porto de Kiel, na Alemanha, com itinerários de sete noites para os fiordes noruegueses com escalas em Copenhague, na Dinamarca; Hellesylt, Alesund e Flamm, na Noruega, entre outros destinos.

 

Saiba mais sobre os cruzeiros a bordo do MSC Euribia clicando aqui.

 

MSC World Europa e MSC Euribia – navios ambientalmente avançados

 

Tanto o MSC World Europa, quanto o MSC Euribia, serão movidos a GNL, que elimina as emissões locais de poluentes atmosféricos, como óxidos de enxofre, e reduz os óxidos de nitrogênio em até 85%. O GNL também desempenha um papel fundamental na mitigação das mudanças climáticas, pois reduz as emissões de CO2 em 25% e está abrindo caminho para a adoção de combustíveis não fósseis sustentáveis, incluindo o hidrogênio verde.

 

 

Os dois navios contarão com sistemas de redução catalítica seletiva, conectividade de energia proveniente de terra, sistemas avançados de tratamento de águas residuais para cumprir o padrão báltico, o mais rigoroso padrão global, sistema de gerenciamento de ruído subaquático para reduzir o impacto potencial de ruído e vibração em mamíferos marinhos, bem como uma ampla gama de equipamentos e sistemas de eficiência energética para otimizar o uso do motor.