MSC Cruzeiros amplia seu plano de expansão para 2030, com foco na nova geração de tecnologia ambiental

A MSC Cruzeiros e o Chantiers de l'Atlantique assinaram contrato para a construção do terceiro e quarto navios movidos a GNL da geração MSC World Class

A parceria foi reforçada com mais dois projetos para novas construções que se concentrarão no desenvolvimento e utilização de tecnologias ambientais de última geração


Hoje, a MSC Cruzeiros e o Chantiers de l'Atlantique ampliaram ainda mais sua parceria de longo prazo ao realizar anúncios estratégicos em uma cerimônia realizada no Palácio de Matignon, a residência oficial do primeiro-ministro francês. A cerimônia contou com a presença de Édouard Philippe, primeiro-ministro da França; Gianluigi Aponte, Fundador e Presidente Executivo do Grupo MSC; Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da MSC Cruzeiros; e Laurent Castaing, Gerente Geral do Chantiers de l'Atlantique.

Primeiro, as duas empresas anunciaram a assinatura de novos contratos para a construção do terceiro e quarto navios da geração MSC World Class, movidos a GNL, a serem entregues em 2025 e 2027. O primeiro dos dois navios iniciais da classe está atualmente sob construção no estaleiro Chantiers de l'Atlantique, em Saint-Nazaire, e entrará em serviço em 2022. Com 205.000 GT, ele se tornará a maior embarcação operada por uma linha de cruzeiros europeia, bem como o primeiro navio de cruzeiro movido a GNL construído na França. Comparado ao combustível marítimo padrão, o GNL reduz as emissões de enxofre e particulados em 99%, as emissões de NOx em 85% e as emissões de CO2 em 20%.

Esses contratos representam um investimento de capital da MSC Cruzeiros superior a 2 bilhões de euros, que deverão gerar 14 milhões de horas de trabalho adicionais, totalizando mais de 2.400 empregos de período integral nos próximos três anos e meio, diretamente suportado por essas encomendas. A assinatura de hoje também permite que o estaleiro comece a trabalhar com as centenas de fornecedores e subcontratados envolvidos nos projetos, colocando em movimento um novo ciclo que beneficiará muito a economia francesa.

Além disso, a MSC Cruzeiros e o Chantiers de l'Atlantique também estenderam sua parceria na próxima década com dois projetos adicionais. Primeiro, as empresas assinaram um Memorando de Entendimento (MOU) para o desenvolvimento de uma nova classe de navios de cruzeiro movidos a GNL para operar sob a marca MSC Cruzeiros. Para este projeto, a MSC Cruzeiros, o estaleiro e outros parceiros se concentrarão no desenvolvimento de tecnologias ambientais emergentes, em linha com a visão da IMO para 2030 e 2050. Os quatro navios desta nova classe representam um investimento de capital superior a 4 bilhões de euros e 30 milhões em horas de trabalho para o estaleiro, fornecedores e subcontratados envolvidos no projeto.

Em um segundo MOU, a MSC Cruzeiros em parceria com o Chantiers de l'Atlantique prevê o desenvolvimento de outro conceito inovador para uma classe de navios, com o qual eles explorarão oportunidades que a energia eólica e outras tecnologias avançadas poderiam trazer para o transporte de passageiros.

Os três acordos assinados hoje representam um investimento superior a 6,5 bilhões de euros na economia francesa.

Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da MSC Cruzeiros, disse: “Os três acordos assinados hoje estendem nosso plano de investimentos até 2030. Eles resultam de uma parceria excepcional com Chantiers de l'Atlantique, que já entregou 15 navios de cruzeiro altamente inovadores nas últimas duas décadas e verá muitos outros navios ganharem vida nas docas de Saint-Nazaire nos próximos dez anos. Eles também confirmam o compromisso deste setor com a sustentabilidade, ajudando a indústria nacional francesa a se posicionar como líder mundial no desenvolvimento de tecnologias de última geração e outras soluções. ”

Laurent Castaing, Gerente Geral do Chantiers de l'Atlantique, disse: “Estamos muito orgulhosos e felizes por termos construído uma relação tão marcante com a MSC Cruzeiros, baseada na confiança mútua e impulsionada pelo espírito de inovação. Estamos comprometidos em moldar o cruzeiro do futuro e em desenvolver conceitos de navios que vão muito além dos padrões ambientais atuais. Nossas empresas já trabalham juntas há vinte anos e esses novos projetos nos permitem olhar com entusiasmo para o futuro. ”

A MSC Cruzeiros está fortemente comprometida em alcançar um futuro de impacto zero, investindo no desenvolvimento acelerado de novas soluções de energia e tecnologias ambientais que permitirão isso. Em 1 de janeiro de 2020, a MSC Cruzeiros se tornou a primeira grande companhia de cruzeiros a alcançar operações neutras em carbono de sua frota. Como a tecnologia ambiental mais avançada de hoje, por si só, é insuficiente, enquanto trabalha para minimizar e reduzir continuamente sua pegada ambiental, a MSC Cruzeiros está compensando todas as emissões de CO2 de sua frota.