MSC Cruzeiros publica seu Relatório de Sustentabilidade 2021, estabelecendo as bases para atingir operações de zero impacto

No Dia Mundial dos Oceanos, a MSC Cruzeiros publica seu Relatório de Sustentabilidade de 2021, destacando seus compromissos ambientais e os importantes passos dados em sua estratégia de sustentabilidade de longo prazo.

  • A Companhia desenvolveu um amplo Plano de Ação de Sustentabilidade, estabelecendo seis áreas principais com atividades, objetivos e metas

  • Progressos significativos foram alcançados em todas as áreas, visando atingir operações com zero emissões líquidas até 2050, além de cuidar das suas pessoas e apoiar o turismo sustentável.

 

A MSC Cruzeiros escolheu o Dia Mundial dos Oceanos para publicar seu Relatório de Sustentabilidade 2021. Embora o ano passado tenha sido novamente marcado pelos desafios trazidos pela pandemia, a MSC Cruzeiros fez significativos progressos em suas práticas de sustentabilidade.

 

O Plano de Ação de Sustentabilidade da MSC Cruzeiros, elaborado com o envolvimento ativo de colaboradores e parceiros, estabelece seis fluxos de trabalho principais na empresa: transição para zero emissões líquidas, análise de uso e desperdício de recursos, apoio às nossas pessoas, investimento em turismo sustentável, construção de terminais mais verdes e aquisições de suprimentos de forma sustentável. Essas ações possuem objetivos, com metas mensuráveis. Sempre que possível, elas se alinham às métricas relevantes aprovadas pela indústria. Esses seis fluxos de trabalho principais se enquadram em quatro áreas com foco em sustentabilidade da Companhia: Planeta, Pessoas, Local e Suprimentos.

 

O Conselho Consultivo de Sustentabilidade da Divisão de Cruzeiros do Grupo MSC, que inclui a marca MSC Cruzeiros e é presidido pelo Presidente Executivo Pierfrancesco Vago, é responsável por garantir a relevância contínua da estratégia de sustentabilidade e por analisar o progresso, orientado e apoiado pela Equipe de Sustentabilidade.

 

Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da Divisão de Cruzeiros do Grupo MSC, disse: “Enquanto navegamos pela inusitada turbulência dos últimos dois anos, mantivemos o foco em práticas de negócios sustentáveis e na proteção de nossos hóspedes, colaboradores e das comunidades onde operamos. Hoje, mais do que nunca, reconhecemos a vital importância do nosso meio ambiente e de um planeta saudável e viável. Estamos firmemente comprometidos com a nossa meta de longo prazo de atingir zero emissões líquidas até 2050 em nossas operações de cruzeiro e estamos bem avançados nessa jornada”.

 

“Como empresa e indústria, estamos investindo fortemente no desenvolvimento acelerado de tecnologias e soluções ambientais que não existem ainda para tornar esses objetivos alcançáveis. Deve-se reconhecer que, para esse esforço, também precisamos do total envolvimento dos governos e de outras entidades públicas e privadas para garantir, por exemplo, que exista a infraestrutura certa em terra e que os combustíveis verdes estejam disponíveis em escala para nossos navios em todo o mundo. Isso nós não podemos fazer sozinhos”.

 

Linden Coppell, Diretora de Sustentabilidade da MSC Cruzeiros, acrescentou: “A adequação e a relevância de nossa Estratégia de Sustentabilidade e planos de ação têm sido confirmadas por meio de uma avaliação de materialidade que exige o envolvimento de colaboradores, hóspedes e dos principais stakeholders externos, ajudando-nos a priorizar nossos tópicos de sustentabilidade. Para cada um deles, estabelecemos métricas claras com as quais podemos medir o seu progresso. Por meio de nossos futuros Relatórios de Sustentabilidade anuais, seremos capazes demonstrar o cumprimento de nossas metas.”

 

Em 2021, foram alcançados progressos em todas as áreas do Plano de Ação de Sustentabilidade da MSC Cruzeiros, e estes são os destaques:

 

PLANETA

 

1. Transição para atingir zero emissões líquidas

As operações com eficiência de energia da nossa frota, apoiam a nossa jornada para atingir zero emissões líquidas. Em 2021, realizamos testes avançados de medidas de eficiência energética no MSC Grandiosa, reduzindo as emissões em 8%, comparado com o desempenho do projeto. Estamos comprometidos em replicar essas medidas no restante da frota.

Nosso objetivo é limitar SOx, NOx e particulados, principalmente nos portos. Até o final de 2021, 14 de nossas embarcações estavam equipadas com sistemas híbridos de limpeza de gases de escape, reduzindo o SOx em 98%. Nossos três navios mais novos possuem conversores catalíticos seletivos, que convertem NOx em nitrogênio inofensivo e água.

Até o final de 2021, sete de nossos 19 navios, incluindo todos os nossos novos navios, foram equipados com tecnologia shore-to-ship. Isso permite que os motores a bordo sejam desligados, reduzindo as emissões. Estamos comprometidos em usar esses sistemas sempre que a energia proveniente de terra estiver disponível.

 

Um passo fundamental em nossa jornada para zero emissões líquidas é colaborar com fornecedores de tecnologia para apoiar e testar novos sistemas de energia, bem como novos combustíveis de zero ou de baixas emissões. Também estamos trabalhando em estreita colaboração com os governos para incentivar políticas eficazes para apoiar essa transição em todo o setor.

 

A velocidade das embarcações tem um grande impacto nas emissões. Em 2021, realizamos uma criteriosa revisão em nossos itinerários, resultando em uma redução de velocidade média superior a dois nós, em relação à 2019.


2. Análise de uso e desperdício de recursos

Nosso objetivo é reduzir a demanda de água a bordo em 3% ao ano para cada navio, com uma combinação de monitoramento do uso, adaptação de tecnologias de economia de água e treinamento e educação da tripulação.

 

Todos os navios da MSC Cruzeiros estão equipados com sistemas de tratamento de água de lastro aprovados e certificados. Em 2021, 100% da água de lastro foi filtrada e tratada com UV antes de ser descartada no mar, para garantir que não contenha organismos aquáticos nocivos e patógenos, que podem prejudicar o ambiente local.

 

PESSOAS

3. Apoio às nossas pessoas

Em 2021, continuamos a investir no bem-estar de nossos colaboradores, tanto a bordo quanto em terra, mantendo-os seguros e apoiando-os física e mentalmente. Apesar da pandemia em curso, mantivemos nossos extensos programas de treinamento, garantindo que nossas equipes estivessem em conformidade com os sistemas obrigatórios e preparadas para a chegada de novas tecnologias e futuras mudanças. Também continuamos comprometidos com a construção de uma cultura de trabalho saudável e diversificada em toda a Companhia.

 

LOCAL

4. Investimento em turismo sustentável

Nossa equipe de excursões em terra trabalhou com operadores de turismo para identificar excursões baseadas em fortes princípios de sustentabilidade. Conhecidas como 'Protectours', essas excursões são projetadas especificamente para conscientizar nossos hóspedes. Cerca de 70% desses passeios contam com transporte de baixo impacto, incluindo caminhadas, ciclismo ou caiaque, e muitos contribuem diretamente para o meio ambiente por meio do apoio às espécies ou à proteção do habitat.

 

Fizemos uma parceria com a Travelife para oferecer treinamento e capacitação para os operadores de turismo com quem trabalhamos. A Travelife é uma iniciativa voltada para empresas de turismo comprometidas com a sustentabilidade: seus indicadores especializados, baseados nos critérios da Global Sustainable Tourism Council’s Industry Standard, focam no impacto da cadeia de suprimentos e nas responsabilidades dos operadores de turismo.

 

Estamos comprometidos em desempenhar nosso papel na proteção dos ecossistemas naturais, apoiando iniciativas que promovam o turismo responsável e sustentável. Por meio da MSC Foundation, a proteção da vida selvagem e a regeneração de habitats – principalmente para espécies oceânicas – estão sendo apoiadas, inclusive em torno de nossa ilha privativa, Ocean Cay. Em 2021, também começamos a trabalhar com várias ONGs para identificar novas formas de evitar possíveis colisões em baleias.

5. Construção de terminais mais verdes

Em 2021, continuamos a investir em novas instalações de terminais sustentáveis, e o trabalho progrediu em vários deles. O Terminal de Cruzeiros de Durban, na África do Sul, entrou em operação em dezembro de 2021. Foi o primeiro porto sul-africano a retomar os itinerários da MSC Cruzeiros desde o início da pandemia. A construção do novo terminal da MSC Cruzeiros em Miami começou em 2021, com um sistema abrangente de gestão ambiental e social implementado para a construção e operação subsequente do terminal. Um terceiro novo terminal da MSC Cruzeiros está em construção em Barcelona e está previsto para entrar em operação em 2023.

 

Estamos comprometidos em atender à certificação LEED em todos os novos terminais em que investimos. A LEED (Liderança em Energia e Design Ambiental) é um sistema global de classificação de construções verdes, amplamente utilizado. Seus rigorosos sistemas baseados em pontuação garantem altos níveis de eficiência no projeto e na operação da edificação.

 

SUPRIMENTOS

6. Aquisição de suprimentos de forma sustentável

 

Em 2021, criamos um comitê interno dedicado a garantir que nossa abordagem de compras tenha um impacto positivo na sociedade e minimize os danos ao meio ambiente. Ele é composto por diretores de compras, logística e sustentabilidade, que se reúnem a cada dois meses para revisar os padrões operacionais em toda a nossa cadeia de suprimentos e identificar oportunidades específicas de mudanças positivas.