Bridgetown

Bridgetown  Cruise

A capital de Barbados

A atual Igreja Paroquial de St. John é a quinta reconstrução da igreja local mais antiga, que data de 1836. Seu interior abriga uma escultura de um artista britânico do século XVIII, Richard Westmacott, enquanto no adro fica a tumba de Ferdinando Paleologus, um descendente direto do irmão de Constantino XI, o último imperador bizantino. 


O bairro mais curioso, que merece uma visita, é o St. Andrew. Aqui, você encontrará Chalky Mount Potteries, um centro de cerâmica artesanal, e Morgan Lewis Sugar Mill, que pode servir de belo cenário para uma fotografia. 

Para conhecer a história da terra, visite a Sociedade Histórica e Museu de Barbados , no bairro de St. Michael. 


Faça uma excursão ao lado oriental da ilha para visitar o Jardim Botânico Andromeda, que fica a uma curta distância da paróquia de St. Joseph. Criado há 60 anos como jardim particular, ele agora está aberto ao público com todo o seu esplendor tropical. A gruta de Harrison, localizada no distrito de St. Thomas, é outro triunfo da natureza com suas estalactites, estalagmites, riachos, lagos e cascatas. Em uma das grutas, o jogo das luzes nas rochas é tão intenso que ganhou o nome de “a sala de cristal””. 


Uma excursão alternativa à natureza histórica o levará a Holetown: uma parada essencial para quem deseja conhecer as tradições das ilhas. Foi o primeiro assentamento inglês. Esse fato foi homenageado no Monumento Holetown, construído em comemoração ao primeiro desembarque inglês na ilha. É possível também visitar a igreja de St. James, datada do século XVII. 


Se preferir praias, Accra Beach é o local mais famoso e cheio de atrações que o Caribe oferece: águas cristalinas, areias brancas e vida marinha tão perfeita que até parece um comercial de mergulho.

Excursões e atividades

Chegar ao porto