Charlotte Amalie

Charlotte Amalie Cruise

A descoberta das Ilhas Virgens


Enquanto você aproveita suas férias nas Antilhas, não deixe de fazer um passeio agradável pela cidade e descobrir seus tesouros. 

De Government Hill, siga até Lille Tarne Gade, que significa rua da pequena torre, em dinamarquês: com seus 103 degraus, é provavelmente a rua mais importante entre aquelas construídas pelos dinamarqueses com tijolos usados pelos navios europeus como lastro. 


No alto da escalada, você verá que chegou apenas à base do Castelo de Barba Negra, hoje um restaurante e pousada. Entre os piratas que viveram aqui, parece que havia o terrível Edward Teach, também conhecido como Barba Negra, que inspecionava as baías da ilha pela torre de observação do castelo, que tem mais de 300 anos. A vista que se abre da torre explica a escolha do local. 


Outro ponto de observação histórico é Drake’s Seat, do qual se pode ver todas as Ilhas Virgens, Americanas e Britânicas. Daqui, Sir Francis Drake observava o progresso de sua frota. Aos seus pés fica Magens Bay, que foi considerada uma das mais belas baías do mundo pela National Geographic. Na baía, as águas quase sempre são calmas, as praias totalmente equipadas e há muitos bares com refrescos. Aqui, ou em outros lugares da ilha, você pode experimentar o famoso Banana Daiquiri, feito exclusivamente com Cruzan Rum das Ilhas Virgens


Em Charlotte Amalie, há também a Galeria Camille Pissarro, dedicada ao pai do impressionismo. Na verdade, o pintor francês nasceu e cresceu nesta cidade, e a casa em que viveu na infância foi transformada em galeria.

Excursões e atividades