Málaga

O Museu Picasso 
A formidável cidadela de Gibralfaro
Um destino gourmet

Procurar cruzeiros no Mediterrâneo

Málaga

Tapas para todos os gostos

A elegante região central de Málaga – uma escala em seu cruzeiro com a MSC pelo Mediterrâneo – é praticamente construída para pedestres, com o ponto principal, Calle Marqués de Larios, em mármore, repleta de lojas sofisticadas, sua via mais elegante.
Plaza de la Constitución, a principal praça de Málaga, conta com uma fonte monumental cercada de palmeiras esguias e terraços de muitos cafés e restaurantes. O centro de Málaga tem várias igrejas e museus interessantes, sem mencionar o lugar onde nasceu Picasso e o Museo Picasso Málaga, que abriga uma importante coleção de obras do filho mais famoso da cidade.

Situadas na montanha acima da cidade estão as incríveis cidadelas de Alcazaba e Gibralfaro, vestígios magníficos dos sete séculos de influência dos mouros.

Málaga também é renomada pelo peixe e frutos do mar, que podem ser experimentados nos bares de tapas e restaurantes em toda a cidade e nas antigas aldeias de pescadores de El Palo e Pedregalejo, agora absorvidas pelos subúrbios, onde há um calçadão à beira-mar, endereço de algumas das melhores marisquerías e chiringuitos (restaurantes de peixes à beira-mar) da província.

A imponente Alcazaba é o lugar certo para quem participa de uma excursão terrestre. Claramente visível do seu navio, à esquerda de sua entrada em c/Acazabilla, fica o teatro romano, descoberto por acaso em 1951, e que, após escavação e restauração, tornou-se um espaço para vários tipos de entretenimento ao ar livre.

A cidadela também é de origem romana, com blocos e colunas de mármore misturados com a alvenaria mourisca das passagens com dois e três arcos. Acima da Alcazaba, e interligada a ela por uma longa muralha dupla (a coracha), fica o castelo de Gibralfaro. A exemplo da Alcazaba, ele passou por restauração espetacular e agora abriga um interessante museu dedicado à sua história.

Lugar imperdível em Málaga

Conheça nossas excursões

    Chegar ao porto

    Porto de Málaga

    Esta seção contém informações sobre como chegar até o porto

    Terminal de Cruzeiros

    Dique de Levante

    Chegar ao porto de

    • Carro

      Se estiver alugando um carro no aeroporto, siga o seguinte trajeto: Sair do aeroporto pela MA21 e depois continuar pela Av. Velazquez até o centro da cidade, ou então sair do aeroporto pela MA21 e depois de 6 km (4 milhas) acessar a Saída para a MA22, seguindo as placas indicando Centro da Cidade de Málaga e Porto.

      Se estiver alugando um carro na Estação Ferroviária Maria Zambrano, siga o seguinte trajeto até o porto: Acesse a Avenida Ingeniero Jose Maria Gamica e continue até o primeiro anel viário, pegando a terceira Saída, como se estivesse virando à esquerda. Depois continue pela mesma rodovia por 4 km (2 1/2 milhas) até chegar ao porto.
      Carro
    • Trem

      A Estação Ferroviária Maria Zambrano fica a 4 km (2,5 milhas) de distância do porto de Málaga. Do lado externo da Estação você encontrará um ponto de taxi.
      Trem
    • Avião

      O Aeroporto de Málaga fica a 15 km (9 milhas) de distância do porto. Do lado externo do aeroporto você encontrará um ponto de taxi
      Tempo do trajeto: cerca de 18 minutos dependendo do trânsito
      Avião

    Espanha

    Amor à primeira vista
    Amor à primeira vista

    Se você estiver visitando a Espanha pela primeira vez, cuidado: este é um país pelo qual você se apaixona rapidamente. Você talvez queira vir para uma viagem de cruzeiro, um passeio a pé ou passar um feriado na cidade, mas antes que você perceba, será fisgado por algo bem diferente – a celebração de algumas festas locais ou a transcedental arquitetura de Barcelona.

    Mesmo nos resorts Mediterrâneos mais turísticos da Costa del Sol, você encontrará um autêntico bar ou restaurante onde fazer as suas refeições.


    Uma viagem à Espanha também pode mostrar a você as grandes cidades do norte, como Barcelona, que se reinventaram como destinos culturais essenciais. 


    E quando o mundo agora olha para a Espanha em busca de inspirações culinárias – o país tem alguns dos mais aclamados chefes de cozinha e restaurantes mais inovadores do mundo – fica claro que as coisas mudaram. A Espanha é vista de modo muito diferente daquele de uma geração atrás. 


    Prepare-se para ser surpreendido.