Casablanca

A nova e a velha Marrocos 
Construções em estilo mourisco e art deco
A Mesquita Hassan II

Procurar cruzeiros no Mediterrâneo

Casablanca/Marrakech

Uma cidade ganhadora do Oscar

A maior cidade do Marrocos e sua capital comercial, Casablanca (Dar el Baida, em sua forma árabe literal) é o maior porto de Maghreb, e mais movimentado do que Marselha.

 
Um dos principais pontos para conhecer em Casablanca, uma parada imperdível em qualquer cruzeiro pelo Mediterrâneo, é o Mosqueiro Hassan II, e ele também possui o único museu judeu do mundo Muçulmano. O verdadeiro prazer da cidade está na arquitetura Moura e Art Deco construída durante o período colonial. Quando estiver em um cruzeiro pelo Mar Mediterrâneo com a MSC Cruzeiros, Casablanca, um pouco acima de Gibraltar, pode ser um lugar difícil para chegar, mas assim que você estiver no centro, a orientação fica mais fácil.

Ela fica em uma grande praça pública, Place Mohammed V, e a maioria dos lugares para se hospedar, comer ou ver algo ficam localizados nas avenidas que irradiam dela, ou ao seu redor. Algumas quadras para o norte, ainda parcialmente murada, fica a Velha Medina, que era tudo o que havia de Casablanca até meados de 1907.
 
A leste tanto do porto como da área central de Casablanca, a velha Medina data em grande parte do século XIX. A Medina pode ser uma boa fonte para lanches baratos e geralmente bons em uma excursão. Um fortaleza do século XVIII, o Skala, foi restaurado, com alguns canhões e um café-restaurante sofisticado. Elevado em uma plataforma rochosa retirada do oceano, o Mosqueiro Hassan II foi projetado pelo arquiteto francês Michel Pinseau; ele está a aberto a não muçulmanos em visitas acompanhadas com duração de uma hora que também incluem o imenso e elaborado porão hammam.

Lugares imperdíveis em Casablanca

Conheça nossas excursões

    Marrocos

    Tradições e turismo
    Tradições e turismo

    Um cruzeiro para o Marrocos é recheado com uma fascinação imediata e duradoura. Apesar de ser apenas 1 hora da Espanha, parece um local muito longe da Europa, com uma cultura - Islâmica e muito tradicional - que é quase completamente diferente.



    Pelo país, apesar dos anos de colonização francesa e espanhola e a presença de cidades modernas e cosmopolitanas como Rabat e Casablanca, um passado mais distante faz a sua presença ser sentida. Fez, uma das mais bonita das cidades árabes, mantém uma vida com raízes medievais, de quando o Reino Marroquino ia de Senegal até o norte da Espanha, enquanto as montanhas de Atlas e o Rif, ainda desenha mapas tribais da população berbere. 


    Como fundo de tudo isso, as paisagens do país são extraordinárias: do litoral do Mediterrâneo, que você conhecerá durante seu cruzeiro para o Marrocos, até as montanhas, ao deserto do Saara.


    O litoral é mais bem aproveitado no norte em Tanger, Asilah e Larache, e no sul em El Jadida, Essaouira. No continente, ficam os pontos mais interessantes do Marrocos, com cidades incríveis como Fez e Marrakesh. As grandes capitais imperiais, das diversas dinastias do país, são quase o único modo no mundo árabe para poder conhecer a vida da cidade, que em grande parte permanece medieval.